sábado, 8 de agosto de 2015

Spoilers do filme do Boruto

Texto retirado do link:


Tradução:

Mari May


----------------------------------------------


PUTA MERDA, O FILME DO BORUTO FOI O MELHOR FILME / SPIN-OFF / HISTÓRIA PARALELA DE TODOS OS TEMPOS!!!

Diferente do controverso filme Naruto – The Last ano passado, não consigo imaginar nenhum fã de Naruto que NÃO vá gostar desse filme. Sério, não dá para descrever o quanto foi foda.

CONTÉM GRANDES SPOILERS!!! ESTÃO AVISADOS!!!

Personagens

O tema principal desse filme parece ser a família, principalmente entre os Uzumaki, os Uchiha e, em menor grau, os Nara. Obviamente, a maior dinâmica ocorre entre Naruto e Boruto, mas todos os personagens interagem maravilhosamente. Boruto é um amorzinho cuidando de sua irmã. Hinata, claro, é alguém em quem Naruto confia para apoiá-lo sem precisar pedir nada (ela sabe como e quando ajudar). Sarada e Sasuke convivem bem, com ela agindo normalmente perto dele. Ela também provoca Sakura, com bom-humor, dizendo “ooh, parece que ALGUÉM está ansiosa pro papai voltar pra casa!”, deixando Sakura corada e incapaz de responder qualquer coisa além de gritinhos.

Mas, nesse filme, meu relacionamento favorito foi o de Naruto e Sasuke. O Sasuke antipático se foi, e agora temos um Sasuke mais maduro, o que acho muito digno. Ele voltou a ser mais tranquilo (do jeito Sasuke) como era na Parte 1 da série, sem o lado emo. Várias vezes, ao longo do filme, ele sorri discretamente, e chama tanto o Naruto quanto o Boruto de ‘idiotas’, como costumava fazer também. Naruto e Sasuke apenas agem como irmãos. Perto do final, após a última luta, Naruto está sentado no chão, exausto, e Sasuke caminha e deita próximo a ele, dizendo que também está cansado. Então, ele zomba de Naruto, dizendo “Parece que eu venci dessa vez. Eu estava certo.”, e Naruto ri antes de concordar. Esses dois se dão tão bem e, com 100% de confiança, sabem que um irá defender o outro. Sasuke aparece como o parceiro definitivo de Naruto dentro e fora do campo de batalha. Ver os dois assim de novo me fez surtar de alegria e quase chorar.

E, se Sasuke é o ‘irmão’ de Naruto, para Boruto é o ‘tio’ Sasuke. O jeito que ele interage com Boruto é tão ‘coisa de tio’, sendo firme com Boruto quando este começa a se descontrolar diante da falta de atenção do pai, tentando mantê-lo no caminho certo. Boruto até o chama de ‘tio Sasuke’. Até mesmo no fim do filme ele parece ter uma afinidade maior com Sasuke do que com Naruto, e Naruto comenta anteriormente [com Sasuke] que Boruto é mais parecido com o antigo Sasuke do que com a antiga versão dele mesmo.

Boruto parece ter, lá no fundo, em algum lugar, um vestígio sombrio/melancólico, deixando-o um pouco ‘Sasuke’. Ele não é otimista e decidido – ‘Se eu digo que vou ser Hokage, eu vou ser, acredite!’ – como Naruto era. Ao invés disso, ele é, na verdade, uma criança muito irritada, sentindo que Naruto negligencia não apenas ele, mas o resto da família também. Isso fica mais claro quando Boruto ameaça Naruto para que este não esqueça do aniversário de Himawari (ele é bastante protetor com sua irmã, bem mais do que o próprio pai) e, quando ele descobre que o Naruto que foi à festa de aniversário era um clone, se enfurece completamente, e a relação entre os dois fica muito tensa. Ele também sabe que Naruto não teve pais, mas diz que Naruto não tem o costume de passar um tempo com a família por nunca ter crescido com uma e, por isso, ele [Naruto] não acha importante passar um tempo com a família agora.

Um último adendo sobre os personagens: eu amo como a nova geração não é uma cópia total da velha geração, mas tem suas próprias características e personalidades. Boruto é parecido com o velho Naruto por ser um moleque travesso, mas parece ser mais esperto e, como eu disse, sombrio/melancólico, em vários sentidos. Sarada tem a calma/frieza do pai, ao mesmo tempo em que demonstra mais empolgação e faz mais caretas como a mãe. Eu realmente, REALMENTE amo os novos personagens. Eles parecem ter muito mais profundidade do que alguns antigos. Também acho interessante o fato da Sarada afirmar, durante o filme inteiro, que será Hokage, seguindo o legado de Naruto, pois ela quer seguir um caminho diferente de seu pai. No final do filme, após Boruto se entender com Naruto, Sarada pergunta se ele também quer ser Hokage. Porém, Boruto nega, dizendo que não quer seguir os passos de seu pai, e que ele almeja ser igual somente a Sasuke. Ele diz que, como Sasuke, quer ser aquele que apoiará Sarada quando esta se tornar Hokage, e fará o melhor que puder (e ELA FICA MUITO VERMELHA!!! INDÍCIO DE SARADA X BORUTO!!!). Então, sim, achei fofo como ambos acabaram decidindo seguir os passos dos pais um do outro. Foi muito menos previsível do que Boruto declarando-se como o próximo Hokage.

Enredo

Não entrarei em detalhes sobre o enredo, mas há uma trama fantástica. Geralmente, nos filmes de Naruto, um vilão ataca alguém / algum lugar, Naruto e companhia saem em missão para resolver as coisas, há uma grande luta, Naruto vence, e aí o filme acaba. Nesse caso, não foi exatamente assim. Sim, eles lutam contra um super vilão, mas o filme, de maneira geral, está longe de ser linear ou previsível; então, a cada cena, eu sempre me perguntava o que aconteceria em seguida.

O que posso dizer de mais importante sobre o enredo é: o filme realmente te faz se sentir nostálgico! Ele, de fato, capta os sentimentos do começo da história, quando o Time 7 ainda estava começando. Porém, conforme o filme faz um trabalho incrível de destacar as diferenças da nova geração em relação aos seus pais, você também tem uma forte sensação de como as coisas avançaram, pois as coisas mudaram. Boruto cresceu num mundo com tecnologia, vídeo games, restaurantes de fast food, e por aí vai. Não é o mesmo como nos dias de Naruto, então a personalidade de Boruto é diferente como um reflexo da época, independente de como ele é parecido com Naruto em alguns pontos. Mas a sensação nostálgica atinge seu clímax quando Boruto veste o antigo casaco de Naruto da Parte 1. Ai, meu Deus, os sentimentos. Fiquei arrepiada.

Além disso, achei interessante estarem desenvolvendo um novo acessório que é tipo um bracelete ninja, o qual tem seu papel de destaque na trama. Basicamente, o ninja pode selar suas técnicas dentro de um catálogo de selamentos, podendo encolhê-lo até um tamanho menor e armazená-lo no bracelete. Este, ao ser ativado, também ativa o catálogo nele contido, permitindo ao usuário utilizar qualquer jutsu em sua posse. Por exemplo, Konohamaru pôde usar uma técnica de sombras dos Nara. Boruto frequentemente usa esse bracelete durante o filme, para o desgosto de seu pai, já que Naruto pensa que ninguém pode crescer como ninja se depender da tecnologia para fazer as coisas do jeito mais fácil.

Visual

O filme estava visualmente DESLUMBRANTE! Acho que o mais importante a ressaltar aqui são as expressões faciais dos personagens. Boruto estava, sobretudo, expressivo, o que só aumentou o charme do personagem.

As cenas de luta estavam excelentes, principalmente a que abre o filme, com Sasuke VS vilão, e perto do final do filme, com Naruto & Sasuke VS vilão. Nesta última, a luta estava tão incrivelmente rápida que foi difícil acompanhar, mas a animação era fluida e detalhada. Eles também usaram CGI na luta de Kurama contra o vilão.


Então, sim. Foi um filme excelente, nostálgico e divertido, que qualquer fã vai amar. De 1 a 10, eu dou nota 11, e verei de novo amanhã!!!

sábado, 13 de junho de 2015

[Análise] A Natureza dos Sentimentos de Sasuke por Sakura

Encontrei um post de julho/2013 sobre os sentimentos do Sasuke pela Sakura 
e resolvi traduzir. Eis o link: http://badpanda245.livejournal.com/641.html

Autor / author: badpanda254
Tradução / translation: Mari May
[n/t]: nota da tradutora

Não reproduza sem dar os devidos créditos.




A natureza dos sentimentos de Sasuke por Sakura 

usando cenas do mangá e os databooks 1 e 2


Como parte da minha contribuição para o Mês SasuSaku, farei uma análise das cenas Sasuke -> Sakura. Sempre há postagens Sakura -> Sasuke, e achei que seria interessante, pelo menos uma vez, mostrar o outro lado. Esta análise também contém informações sobre o personagem Sasuke, e algumas cenas Sakura -> Sasuke. Antes de falar dos databooks, permita-me explicar que eles existem mais para esclarecer o contexto e o significado de algumas cenas. No fim das contas, tais cenas, por si mesmas, são mais importantes do que o databook. Mesmo que o próprio Kishi tenha escrito. E isso depende de quando foram escritos. Exemplo: aquilo sobre os “sentimentos da Sakura por Naruto estarem mudando” foi descartado, e o próprio Kishi esclareceu seus verdadeiros sentimentos.

Se preparem. Isso vai ser loooongo.

Qual a natureza da relação Sasuke -> Sakura e como isso afeta Sasuke?

Antes de analisar o laço Sasuke -> Sakura, vamos dar uma olhada no personagem Sasuke.

No começo da história, Sasuke é indiferente, rude, focado, ambicioso, e não alguém que criaria laços que o desviassem de seus objetivos. Seus complexos de superioridade e inferioridade também o tornam interessante. Por causa de seu clã, a princípio, ele acha que é melhor que todo mundo e se orgulha de ser um Uchiha. Porém, se alguém o vence numa disputa ou demonstra uma quantidade excessiva de força e poder, ele fica obcecado em relação a isso. Na sua cabeça, Sasuke precisa ser o mais forte, pois como Sasuke estava preso à sombra de Itachi conforme crescia (e agora deseja vingança), Sasuke tem a necessidade constante de se colocar à prova derrotando ninjas poderosos.

Kishimoto confirmou em uma de suas entrevistas que tenta não deixar o Sasuke emocional demais. Não significa que ele seja insensível, e sim que não é um tipo de personagem muito carinhoso.

A interação de Sasuke com a maioria das personagens femininas no mangá sempre foi meio indiferente. Ele não quer a atenção delas e, como tem que aturá-las o tempo todo, não finge que gosta de ser bajulado (mesmo que, em primeiro lugar, provavelmente, ele nunca tenha fingido). O que podemos concluir é que Sasuke era muito próximo de sua mãe, pois ela lhe deu uma noção de auto-estima e o fez se sentir amado quando criança. Depois que Mikoto morreu no massacre, junto com os outros de seu clã e família, Sasuke perdeu todo o seu discernimento sobre auto-preservação.

Agora, voltemos ao relacionamento de Sasuke com Sakura.

A princípio, Sasuke não se importa muito com Sakura. Para ele, ela é mais uma de suas tietes da academia, para as quais ele não dá atenção.


Viu? Ele praticamente ignora sua existência.

Após essa cena e aquela onde Naruto o amarra, Sasuke encontra Sakura e isso leva ao “Você é irritante”, com seu olhar frio. Sakura não valorizava seus pais e sua família. Essa cena é importante para mudar a visão de Sakura sobre Naruto, já que ela começaria a aceitá-lo como amigo e se tornaria mais gentil como pessoa. Porque, sinceramente, Naruto não seria capaz de mudar Sakura como Sasuke. Pois Naruto perdeu seus pais e cresceu sem família, enquanto Sasuke cresceu com família e perdeu tudo. Não culpo o Sasuke por ser grosso com a Sakura aqui, a menina precisava de algo para acordar [n/t: o mesmo que a nossa expressão “acordar para a vida”].

E o resultado do grosseiro “Você é irritante” de Sasuke teve um efeito positivo sobre Sakura.


Sasuke, para o desenvolvimento de Sakura e como personagem, é ruim? Ah, claro. Mesmo longe de ser simpático, ele fez Sakura enxergar o jeito com o qual tratava Naruto, como um empecilho à sua vida amorosa. A partir daqui, Sakura começa a ficar mais gentil, mesmo ressaltando que o que ela não gosta é o Naruto. É um pequeno passo, mas algo para começar a mudar, pelo menos.

Pouco depois dessa cena, o Time 7 conhece Kakashi e eles fazem o teste dos guizos. As interações entre Sasuke e Sakura, nesta fase, continuam platônicas.


Porém, mesmo antes da dinâmica entre os dois começar a mudar, Sasuke permanece ao lado de Sakura até ela acordar. Ainda a trata com frieza, mas ficou ali até que ela acordasse para ter certeza de que estava bem. Com ela, de certo modo, ele não é um completo babaca. Mesmo nesta fase, ele se importa com seu bem-estar físico o suficiente para “perder tempo” com ela. Sasuke, depois, fala com Sakura sobre aquela noite e “naquele tempo... chorando...”. Não sabemos por que Sasuke decide contar isso a ela. Talvez por ela ser quem chegou mais perto de demonstrar algum zelo por ele, mas isso não nos diz tudo. Porém, essa cena foi fundamental para que Sakura percebesse a real gravidade e escuridão do caminho que Sasuke pretendia trilhar, e isso, eventualmente, faz com que ela comece a se preocupar com ele.

Depois que o Time 7 vai ao País das Ondas, o conceito de trabalho em equipe começa a surgir entre eles. Sasuke não pensa mais apenas nele mesmo e em sua segurança, mas quase sacrifica sua vida para salvar Naruto de Haku. Ele também arrisca sua vida para proteger Sakura, assim como demonstra uma grande preocupação com sua segurança.



 

Perceba a diferença na expressão e comportamento de Sasuke comparados à segunda vez em que ouve Sakura gritar. Ele está preocupado com ela e se pergunta o que Kakashi está fazendo àquela altura, se está protegendo-a. Este é Sasuke mostrando que pode ser cuidadoso e se interessar pelo bem-estar alheio, alguém além de si mesmo e sua porcaria de vingança.


Para Sakura, sua perfeita ilusão e fantasia sobre um Sasuke invencível começa a desmoronar nesta cena. A ilusão não se esvai completamente até Sakura mudar a si mesma na Floresta da Morte, mas, nesta cena, ela soube que Sasuke não era tão perfeito quanto imaginava. Daqui em diante, Sakura começa a mudar sua paixão infantil para algo um pouco mais profundo. Mas ainda não é amor.

 
Esta é a primeira vez que alguém chora e demonstra tristeza por causa de Sasuke desde o massacre. A regra número 25 proíbe os ninjas de derramar lágrimas pelos seus companheiros de time, e Tazuna ressalta que a vida de um shinobi é muito difícil. A gente aprende mais tarde que essa regra é quebrada por todos, praticamente, ainda que digam que o mundo ninja é dominado pelo ódio. Repare no painel de Naruto no fundo da página: mais adiante, ele entende essa cena como um sinal dos sentimentos de Sakura por Sasuke.

Dizer que isso não afeta Sasuke é uma grande mentira.


Sasuke ainda não está totalmente consciente, mas já percebeu Sakura chorando sobre seu corpo “morto”, e está chocado. Quando acorda, diz que Sakura está pesada, e não para se afastar na primeira vez em que o abraça [n/t: não sei se a autora comeu alguma palavra, porque a primeira vez que a Sakura abraça o Sasuke é logo depois de acordar do desmaio lá no teste dos guizos, e é quando ele diz para ela sair de cima dele, enquanto agora, na segunda vez, ele não faz isso].


Quando os olhos de um personagem ficam ocultos, significa que ele(a) esconde as emoções que está sentindo. Imagine como o Sasuke se sente agora. Essa é a primeira vez que alguém chorou por ele desde que ocorreu o massacre de sua família. Ele não sabe o que dizer, e pode até questionar por que alguém se incomodaria em chorar por ele. Provavelmente, está pensando: alguém realmente se importa se eu morrer? Hã? *emoções afloram*


Sasuke diz a Sakura que sua habilidade é inferior à de Naruto. Como falei sobre suas características, Sasuke é rude [n/t: no sentido de “diretosincero sem medir as palavras”]. Ele não tem medo de dizer a verdade aos outros. E era mesmo verdade que as habilidades de Sakura, como ninja, eram inferiores às de Naruto. Se voltarmos à preocupação de Sasuke com Sakura e nele protegendo-a, o que ele quer dizer é que ela precisa ser capaz de se defender, e não chamá-lo para um encontro. Acho que sua aspereza é o único jeito de atingi-la, mesmo se ela ficar chateada com o que for ressaltado. É a verdade que ela precisa ouvir para ser capaz de crescer.


E é exatamente o que começa a acontecer. Ela se vê como realmente é.


Sasuke observa Sakura. Ele conhece seus diferentes temperamentos o suficiente para dizer quando ela está chateada. É, me pergunto por que o Sasuke...


Esta é, provavelmente, uma das cenas Sasuke -> Sakura mais subestimadas da série. Sasuke com certeza percebeu que suas palavras feriram Sakura. Porque seu jeito de animá-la foi elogiar seu genjutsu e sua inteligência. O que ele disse foi “inferior ao Naruto”. Esse é o seu jeito de fazê-la se sentir melhor, e aliviar a dor. Se esse fosse o Sasuke do comecinho da série, ele não faria isso. Deixaria o mérito para si mesmo porque era orgulhoso e indiferente aos outros. Mas não, ele enaltece a Sakura. E veja! Ele até sorri (mesmo que seja um pequeno sorriso), e seus olhos, mais uma vez, estão ocultos. Escondendo a emoção que está sentindo, seja qual for.


Sasuke busca o apoio de Sakura ao apertar e segurar sua mão. Ele quer alguém por perto para ajudá-lo a lidar com sua dor. Mas tudo o que Sakura pode fazer é chorar, pois está preocupada e não sabe como ajudar, mas ela quer parar aquela dor. E quando foi que Sasuke procurou alguém desse jeito?  Ele até pode ter procurado Naruto para um apoio físico [n/t: na falta de energia para andar, por exemplo], mas quando foi que Sasuke buscou apoio emocional em alguém? Nunca, não até essa cena. E Kishimoto até destacou as mãos dadas de Sasuke e Sakura. Foi para mostrar como Sasuke busca se apoiar em Sakura. O gesto, por si só, é muito íntimo.


Sasuke se encolhe, cheio de dor, ainda segurando a mão dela (painel no topo à esquerda), mas agora Sakura apoia Sasuke abraçando-o. Bastante contato físico entre eles só para um consolo...


Esta é a cena que começa mudar a dinâmica entre Sasuke e Sakura.

Agora, vou adicionar um trecho do databook 1 que comenta tal cena.

Naruto Databook 1, pág. 41 (sessão de Uchiha Sasuke):
それまで恋や友情に見向きもしなかったサスケは、ナルトやサクラと出会い、少しずつではあるが、仲間を受け 入れ始める。サスケにとってナルトは、いつの間にか互いの能力を高め合う良きライバルとなり、また大蛇丸の 邪悪な呪印にのみ込まれんとするその心を、サクラに救われたことも...
(tradução por Mezzo)

Embora, até então, ele tenha ignorado tanto o amor quanto a amizade, Sasuke, após conhecer Naruto e Sakura, começa a aceitá-los como nakama [n/t: uma expressão japonesa para “amigos íntimos”], mesmo pouco a pouco. Aos olhos de Sasuke, antes de perceber, ele e Naruto tornaram-se, mutuamente, bons rivais capazes de incentivar as habilidades um do outro – e, também, quando seu coração estava prestes a ser tomado de novo pelo selo amaldiçoado de Orochimaru, ele foi salvo por Sakura...

Basicamente, quer dizer que, até então (それまで = até então), ele ignorou (見向きもしない = não perceber, ignorar) tanto o amor ( = amor romântico) quanto a amizade (友情 = amizade, companheirismo) e, após conhecer (出会い = conhecer) Naruto e Sakura, ele começa a deixá-los entrar em seu coração (仲間を受け入れ始める = ele começa a aceitar seus nakama)  pouco a pouco (少しずつではあるが = pouco a pouco).

Ao que parece, ele, gradualmente, começou a aceitar o que Naruto e Sakura lhe ofereciam – isto é, amizade e amor, respectivamente.

「呪印の影響で暴走するサスケを身を挺して鎮めるサクラ。サクラのサスケを想う心が、邪な力を包み込む。」(tradução por Nobusaki) (a raw do databook 1 pode ser encontrada aqui)

“Sakura, aquela que [voluntariamente (corajosamente)] acalma a fúria de Sasuke sob a influência do selo amaldiçoado. O coração de Sakura, que pensa em Sasuke, consome [n/t: no sentido metafórico de “devorar”] o poder maligno/cruel de Sasuke.”

Há, nesta cena, mais contexto romântico do que parece. Quando Sakura abraça Sasuke, perceba como tudo em volta deles fica branco: isso é para fazer o leitor ver apenas a cena e a interação entre eles. Quando Sasuke encara seu olho lacrimejante (e machucado), ele vê algo que o faz parar. O que foi, nós, leitores, não sabemos. Mas ele é movido pelas lágrimas e ações dela. Embora a tradução do databook sugira algo diferente. Lá, fala-se que é seu coração que o alcança, o coração que pensa nele. Não suas lágrimas, como eu achava no começo. Mas o que isso significa? Deixarei você chegar à sua própria conclusão. Fica aberto a mais de uma interpretação. Mas a minha é: Sakura pode controlar o poder maligno de Sasuke, com seu “coração”. Há uma referência a isso aqui no 286.

Após essa cena, a dinâmica entre Sasuke e Sakura realmente mudou. Sakura, agora, evoluiu de uma tiete para uma garota que deseja mudar a si mesma para proteger seus companheiros de time, sua ilusão perfeita sobre Sasuke é deixada de lado. Ela o vê como ele realmente é, e, por causa disso, Sasuke começa a aceitá-la ainda mais. Ele reconheceu que ela é a pessoa que pode afetá-lo emocionalmente.

Quando acaba o arco da Floresta da Morte, chegamos à terceira parte do Exame Chuunin. Por se preocupar com o bem-estar de Sasuke, às lágrimas, Sakura pede para Sasuke desistir do exame.


Apenas veja a expressão de Sasuke. Sua companheira de time está triste, se preocupando com seu bem-estar, e a dor do selo amaldiçoado o ataca, e ele não sabe o que fazer ou dizer a princípio.


Repare no painel do topo à direita. Não é um balão de fala, e sim de pensamento. Quando Sasuke fala com Sakura, suas palavras são mais gentis do que seus pensamentos. Quando Sakura ergue a mão, Sasuke pega seu punho. Note que, aqui, ele diz “cale a boca”, e não “fique quieta”. Ela ameaçava afastá-lo de seu objetivo.


“Fique fora dos meus assuntos.”

Sasuke, depois, explica a Sakura, de novo, que ele é um vingador. Ser um vingador significa seguir uma estrada solitária [n/t: I walk a lonely road, the only one that I have ever know ~ #GreenDay] que não tem espaço para laços, assim como seu laço com Sakura, seja este qual for. Nesse momento, para Sasuke dizer à Sakura que ele não perdoaria nem mesmo ela (nas raws ele diz  [いくらお前でも。。。] , o que significa “não importa quantas vezes até você...”), ele se referia às suas lágrimas ou ao seu coração? Faria sentido que ele se referisse ao coração, considerando a fala do databook 1: “o coração de Sakura, que pensa em Sasuke, consome o poder maligno”; logo, se ela o afasta de seu objetivo, ele também está dizendo que ela (e suas lágrimas) têm um grande impacto sobre ele. Então, o que Sasuke quer mesmo dizer é para Sakura não se importar com um vingador. Talvez porque Sasuke saiba que a influência de Sakura é uma influência poderosa sobre ele, e ele não vai se deixar levar por isso caso signifique desistir de ser um vingador.


E veja seu rosto aqui. Repare no suor caindo pelo rosto. A temperatura da sala não aumentou de repente. Ele sabe que a preocupação dela é genuína. Veja sua expressão... Ele parece aflito. Como se ponderasse se está indo longe demais, mesmo mantendo seu posicionamento (e isso é antes de se explicar para ela). Ele não quer machucá-la.

Nas raws, Sakura diz: 「私にはサスケ君が。。。」, o que significa “Para mim, você é...”. Faria mais sentido ela dizer “Para mim, você é a pessoa que eu mais amo”. Certo? Porque ela não quer mais que ele se machuque. Sasuke sabe que os sentimentos dela são românticos e ainda se sente completo, segundo a frase do databook 2: “Aquela que preenchia sua solitária existência [para ele] com a emoção chamada amor era Sakura”. Se for comparar a quando Sakura ouve de Sai “Até mesmo eu posso ver o quanto o Naruto te ama”, ela não se sentiu satisfeita/completa. Em vez disso, pareceu muito culpada e abatida. Isso mostra uma falta de reciprocidade. Mas e Sasuke? Ele, de fato, é beneficiado [n/t: no sentido de “se sentir bem/melhor”, e não no sentido pejorativo de “tirar vantagem”] por esse sentimento.

Voltando, Sasuke não esquece a preocupação de Sakura tão facilmente.

Quando a luta de Sasuke contra Yoroi começa, Sakura reforça que só o que ela pode fazer é assistir. Conforme a luta prossegue, o selo amaldiçoado de Sasuke começa a controlá-lo.



A primeira coisa em que Sasuke pensa é na voz de Sakura e nela, chorando, lhe pedindo para desistir, e depois em Naruto gritando com ele. Após pensar em como ambos se preocupam, o selo amaldiçoado de Sasuke retrocede.

Bem mais adiante, quando Sasuke enfrenta Gaara no Exame Chuunin, a Vila do Som ataca e Gaara termina fugindo, Sasuke o persegue. Sasuke fica impossibilitado de lutar e Sakura leva um golpe por ele, e essa é a reação de Sasuke depois.


Veja a expressão séria de Sasuke aqui. Ele não está de brincadeira. “Você tem que salvá-la, não importa o que aconteça...”. É a Sakura em perigo que faz Sasuke decidir que vai ganhar tempo para Naruto e Sakura escaparem enquanto ele é deixado para trás.


As palavras que Sasuke usa nas raws são “preciosos nakama”.

Nakama  (仲間)  significa amigos, parceiros, companheiros, etc. É um termo carinhoso para amizades próximas. Ele também a chamou de “preciosa”. Não há como negar, Sakura e aqueles que são queridos para ele (seus outros laços do Time 7) são preciosos.

Porém, mesmo exausto, Sasuke salva Sakura quando a areia de Gaara a solta.


Ele a encara com um olhar preocupado e, ao mesmo tempo, gentil. Preocupa-se por causa da areia de Gaara, que a sufocou, e mais ainda porque ela fez aquilo para proteger ele.


Awww, olhe só para eles. Estão aliviados porque Sakura está bem.

E depois, no hospital com Shikamaru e seu pai... também se prepare para o Sasuke bipolar XD


“Até a mulher mais agressiva... é gentil com o cara que ela ama”.

Não é engraçado? Pois o lado gentil de Sakura vem no mesmo capítulo em que Shikaku diz isso a seu filho (e, também, o databook de Sakura diz que “Sakura é uma moleca, mas, com Sasuke, fica mais feminina e gentil”). Estou de olho em você, Kishi.


Veja o que Naruto diz. “Sasuke... Você...”. Ficou interrompido, mas ele poderia muito bem dizer “Sasuke... Você está bem”. Mas ele parou. Perceba que Naruto não pode ver o rosto de Sakura enquanto ela, aos prantos, abraça Sasuke. Mas o que ele pode ver é o rosto de Sasuke, e sua expressão. Quer dizer, olha essa cara:


Seu “...” no quadro anterior demonstra que ele não sabe como reagir ou o que dizer. Mas, neste painel, isso some, e ele está retribuindo a gentileza que Sakura demonstra por ele. Quando foi que Sasuke olhou assim para alguém além de Itachi e sua família (e, mais precisamente, alguma mulher que não fosse da família)? Nunca.

Naruto, nesta cena, percebe que está, basicamente, segurando vela. A admiração serena de Sasuke está em Sakura, e ele nem mesmo o vê ali. E notem seu sorriso triste. É conformado, e um pouco abatido. Naruto vê algo na expressão de Sasuke que o faz sair.


Nas raws, Tsunade disse “ki ga kiku" o que significa [気が利く] ser perspicaz, ter tato, ser sensível, ser esperto. Naruto está sendo perspicaz ao deixar Sasuke e Sakura num momento tão íntimo deles. Somado a isso, os Japoneses vêem romance como um assunto particular. Então, deixá-los a sós implica que, de fato, tal cena seja romântica.

Agora, vou mais adiante e usar um trecho do databook 2. As cenas aqui não estarão em ordem. Mas vão fazer sentido mais tarde, só me aguentem.

A raw do Databook 2 pode ser encontrada aqui.

「孤独だった自分の存在を愛情という想いで満たしてくれたのがサクラだった。だが、その想いに応えることはやはりできない。サスケは、ただ一言の感謝の言葉を、別れの言葉として告げることしかできなかったのだ。」

“Aquela que preenchia sua solitária existência [para ele] com a emoção chamada amor era Sakura. Mas, conforme o esperado, Sasuke não podia corresponder aos seus sentimentos. Sasuke foi capaz, apenas, de deixar uma única palavra de agradecimento como palavra de despedida.”

「最後まで己を必要としてくれたサクラ。口を突いた言葉は、サスケの偽らざる本心だ。」

“Sakura, aquela que [lhe fez o favor de/para ele] precisava dele até o fim. As palavras dele não eram uma mentira/engano, mas seus verdadeiros sentimentos.” (créditos ao Nobusaki pelas traduções/explicações do significado em japonês para mim XD)

くれた é kureta. Em inglês, há apenas dois verbos para quando alguém (o emissor) faz algo para outro alguém (o receptor). Que são, obviamente, “dar” e “receber”. Os japoneses são muito educados e humildes, então eles usam esses verbos donatários [n/t: do latim donatarĭu, aquele que recebeu uma doação] como parte de seu repertório [n/t: ela quis dizer algo como “banco de palavras”, mostrando que há muitas variantes desses termos lá no Japão]. Portanto, Kishi usou kureta por algum motivo, pois o sistema de verbos donatários ilustra claramente a relevância do contexto quando aplicado à troca de ações satisfatórias.

Então,

"tomodachi ga oshiete-kureta."
Meu amigo (gentilmente) ensinou-kureta para mim (para o meu bem) 
(se quiser ver o resto do artigo, vá aqui).

Quando você usa kureta, significa gratidão pela ação ter sido útil/benéfica para você. Então, o fato de Sakura preencher a solitária existência de Sasuke [com amor] foi benéfico para Sasuke e visto como algo positivo. Repare que o Kishi usa kureta de novo quando diz “Sakura, aquela que [lhe fez um favor de/para ele] precisava dele até o fim”.  [最後まで己を必要としてくれたサクラ]  = kureta-sakura. Então, a NECESSIDADE que a Sakura tinha do Sasuke era vista, também, como algo positivo para ele.

é Ga. “Ga” é usado para enfatizar, distinguir uma pessoa ou coisa de todas as outras. Se um assunto é marcado com “wa”, o comentário [n/t: o significado daquele conjunto de palavras relacionado ao assunto, e não uma palavra específica] é a parte mais importante da sentença. Por outro lado, se uma pessoa é marcada com “ga”, a pessoa é a parte mais importante da sentença. Em inglês, essas diferenças são expressas, às vezes, pelo tom de voz [n/t: em português também, quando destacamos um nome ao falar ou escrever]. (fonte)

Então, se compararmos essas frases usando wa e ga, temos:

Taro wa gakkou ni ikimashita.
太郎は学校に行きました。 Taro foi à escola

Taro ga gakkou ni ikimashita.
太郎が学校に行きました。 Taro foi aquele a ir à escola

Kishimoto enfatiza SAKURA como aquela que preenchia a existência solitária de Sasuke com seu amor, não Kakashi ou Naruto - apesar deles serem preciosos para Sasuke também. Mas era SAKURA que fazia Sasuke se sentir necessário e amenizava sua solidão com o amor dela. Sakura não impôs a Sasuke seus sentimentos para preencher sua solitária existência. Foi Sasuke quem sentiu sua existência ficar mais leve porque ela o amava e precisava dele [até o fim]. Faz sentido? Isso tudo vem do ponto de vista do Sasuke no 181, no databook, como sabem. :P

Logo, você certamente quer saber: “Por que, na cena do 181, ela apareceu obstruindo sua passagem?” Bom, vou dizer por que...

Voltando aonde eu deixei o mangá, Sakura ainda está com Sasuke no hospital. Ela está sempre ao seu lado daduavduoaas Preste atenção à sequência de flashbacks.




 

Temos Sasuke pensando em Itachi, e depois Sasuke vendo o sorriso de Sakura, e Sasuke amargamente lembrando do sorriso que Sakura dá a Naruto no 144, e então Naruto. E Sasuke fica mais irritado a cada painel sobre Naruto.

Houve uma razão para eu deixar o capítulo 72 de fora e ir direto para o databook 2. Para entender o que está acontecendo aqui, você tem que entender que Sasuke se sentia necessário porque Sakura o amava, e Sakura precisar dele era visto como algo positivo e que fazia bem a Sasuke. Seu amor, por si só, preenchia a existência solitária de Sasuke. E por “seu amor”, quero dizer sua ternura, bondade e o fato dela ser atenciosa. O sorriso de Sakura no topo do canto direito da segunda página faz Sasuke pensar no sorriso que ela deu a Naruto. Esse olhar, cheio de carinho e ternura, foi direcionado a Naruto, não a Sasuke. Sakura costumava olhar assim só para ele, é um indício para Sasuke de que Sakura o ama. Então, ele parece enciumado. Mas note como ele não olha para Naruto, o foco de Sasuke é o sorriso de Sakura, e então temos um painel de Sasuke olhando amargo para Naruto após ver o sorriso de Sakura. E devemos reconhecer o quão bonita Sakura está no flashback de Sasuke, é como ele a vê, e toda a sua ternura fica muito nítida naquele painel. Ele acha que aquele sorriso gentil não é mais direcionado a ele, então pensa em Naruto.

Mas o complexo de inferioridade/superioridade de Sasuke também aparece aqui. Vou repostar o que já falei (aí você não terá que voltar tudo de novo):

“Seus complexos de superioridade e inferioridade também o tornam interessante. Por causa de seu clã, a princípio, ele acha que é melhor que todo mundo e se orgulha de ser um Uchiha. Porém, se alguém o vence numa disputa ou demonstra uma quantidade excessiva de força e poder, ele fica obcecado em relação a isso. Na sua cabeça, Sasuke precisa ser o mais forte, pois como Sasuke estava preso à sombra de Itachi conforme crescia (e agora deseja vingança), Sasuke tem a necessidade constante de se colocar à prova derrotando ninjas poderosos.”

Então, Sasuke se sente ameaçado por Naruto. Além do sorriso de Sakura para Naruto, ele se sente ameaçado por causa de seu complexo de inferioridade e seu orgulho. Mas isso não muda o significado do flashback de Sasuke sobre o sorriso de Sakura, que tem a ver com o Naruto salvando-a, e que depois, curiosamente, segue para flashbacks sobre o Naruto. Mas o flashback sobre o sorriso dela é mais como um gatilho para Sasuke chegar à red zone [n/t: “zona vermelha”, expressão usada para indicar uma condição que faz alguém exceder seus limites de sanidade], que foi quando Itachi deixou Sasuke mais propenso a um descontrole emocional.


O flashback sobre Naruto faz Sasuke derrubar, das mãos de Sakura, o prato de maçãs. Ele só ficou furioso quando lembrou de Naruto após pensar, amargamente, no sorriso de Sakura para Naruto. Em outras palavras, Sasuke está descontando sua raiva na pessoa errada.


Sakura observa, aqui, preocupada e assustada. Ela nunca tinha visto Sasuke agir assim com ela antes. (ele já tinha olhado feio para ela, mas isso não incluía derrubar coisas da mão de Sakura)


Viu? Não é com Sakura que ele está irritado. Agora que a pessoa que é a fonte de sua raiva chegou, Sasuke olha como se fosse matar Naruto ali mesmo. Temos painéis de Sakura pensando no Sasuke sendo influenciado pelo selo amaldiçoado. O painel com Sasuke com o selo ativado é como na Floresta da Morte, ela sabe que aquele comportamento instável não é do Sasuke. Mas, em seguida, temos um painel de Orochimaru, que disse a ela: “Sasuke-kun vai me procurar.” Teria sido isso um presságio para Sakura saber que Sasuke, eventualmente, deixaria a vila? É o que se pode concluir, mas nunca saberemos ao certo.

Quando eles estão prestes a usar seus últimos movimentos, Sakura corre entre os dois para pará-los. Sasuke e Naruto, então, não querem continuar com seus ataques. Nas raws, Sasuke disse “kuso”, que significa “merda” (XD). Você pode ver, pela expressão de Sasuke, que ele está tipo “merda, Sakura vai ser atingida”. Depois que Sasuke foge e Kakashi lhe diz para largar a vingança, Kakashi diz que ambos encontraram companheiros preciosos. E é isso o que Sasuke pensa:


Apesar de já ter sido mostrado várias vezes que Naruto e Sakura são importantes para ele, esse painel mostra que, mesmo explodindo e indo para a red zone, Naruto e Sakura são pessoas preciosas para ele. Depois que Kakashi se vai, Sasuke começa a refletir sobre as coisas.

Se você acha que foi fácil deixar o Time 7 e seus laços para trás, você está errado.

Perceba a diferença aqui.


E aqui:


Estava de dia quando Kakashi deixou Sasuke a refletir. A segunda página mostra que está de noite, e Sasuke ainda está pensando e reavaliando seus laços, pensando nas consequências que podem vir de sua escolha. Dá para sentir a angústia vindo de Sasuke. Ele parece estar num conflito. Os laços com Naruto e Sakura cicatrizam as dores de Sasuke, mas se vingar de Itachi é sua razão de viver.

Enquanto Sasuke pensa, o Quarteto do Som o aborda.


O Quarteto do Som foi enviado de propósito para fazer Sasuke perceber que continuaria fraco ficando em Konoha e, percebendo isso, ele iria atrás de Orochimaru.

Talvez, se o Quarteto do Som não viesse, o desfecho fosse outro. Mas nunca saberemos, realmente.

Ao fim da luta (que Sasuke perde de um jeito horrível), a crença/convicção em “Força e Amigos” (na qual Sasuke acredita) é destruída...


...o que você vê no texto lateral escrito pelo Kishi: 

´´A tentação do Som destrói a “força” e “amigos” nos quais Sasuke acreditava. Que caminho aguarda Sasuke após essa derrota humilhante?``.

Porém, mesmo depois da crença de Sasuke ser despedaçada, ele ainda não vai com eles.

Após apanhar de novo, ele finalmente toma uma decisão. Mas você vê quão longe Kishimoto foi para fazer Sasuke partir e destruir sua crença? Sasuke não decidiu ir embora por capricho...

O que nos leva à cena SasuSaku não-resolvida... *prepara os lencinhos*

Antes de Sasuke deixar sua casa, ele encara uma foto do Time 7. Como se dissesse adeus a eles.

Quando Sasuke parte, encontra Sakura. Parece que ela estava esperando por ele.


Pode-se dizer que Sasuke olha irritado para ela. Ele não quer confrontar Sakura, só quer ir embora. Ele já se decidiu...


Então, passa por ela.


Mas, conforme ele anda, parece que começa a virar a cabeça, mas desiste e continua em frente. Uma vez que Sakura começa a falar, o スタスタ (passo passo) se vai. Ele fica para ouvi-la. Sasuke, aqui, está sendo frio para afastar Sakura. Nós também não vemos seus olhos ou sua expressão, o que nos diria o que ele sentia por Sakura. Isso foi proposital, porque Sasuke já tinha se decidido. Só temos que ver os sentimentos de Sakura agora.


Pobre Sakura. Ela acha que ele a odeia, mesmo depois de tudo. Sakura não estava ciente da maioria das cenas Sasuke -> Sakura que aconteceram. Para ela, ainda é uma tiete irritante que o Sasuke apenas atura. Isso era verdade, no início, mas sabemos que não é mais. Para Sasuke e Sakura, todo aquele cenário traz memórias à tona, pois ela está lembrando a primeira vez em que estiveram ali. Mas Sasuke...


Sasuke diz que não lembra daquilo. Não podia deixar Sakura insistir, por causa de sua influência emocional sobre ele. Mas ele ainda lembra o que aconteceu naquele dia em que se irritou com ela; logo, ao dizer que não lembra, está poupando os sentimentos dela. Desde quando Sasuke poupa os sentimentos alheios? Ele é uma pessoa direta.


Após Sakura fazer Sasuke lembrar dos bons momentos que o Time 7 passou junto, Sasuke, mais uma vez, se explica para ela.

(pegue seus lencinhos)


Ironicamente, Sasuke havia repreendido Sakura por ela ser incapaz de entender o significado da solidão. Mas, aqui, dá para ver o quanto Sakura ama e prioriza Sasuke. Isso mostra o quanto ela precisa dele. Aquilo que beneficia Sasuke, sua necessidade por ele o faz se sentir menos solitário. Então, ela o atinge [n/t: no sentido de deixá-lo mexido, abalado], o pensamento de Sakura estar sozinha o atinge. Então, o que ele faz? Pensa nas duas pessoas que não o faziam se sentir sozinho.


Mas Sasuke está sendo firme. Apesar de Sakura atingi-lo aqui, Sasuke não vai deixar Sakura desviá-lo de seu caminho. Ele se decidiu.

Não há mais nada que Sakura possa fazer para convencê-lo a ficar. Então, ela se declara...


Note como as mãos dela apertam o vestido por cima do coração, como se para fazê-lo parar de quebrar. E quando ela diz “nós”, é “nós” como Sasuke e Sakura. Não há dúvida de que Sasuke seria feliz se ficasse com Sakura, se ele não priorizasse a vingança. Sakura o estimava tanto que se mostra até disposta a trair Konoha por ele, mas Sasuke não poderia permitir isso. Sakura iria, apenas, distraí-lo [n/t: no sentido de afastá-lo de seus objetivos, pois teria uma preocupação a mais além da vingança em si].

A próxima cena é extremamente ambígua.

Sasuke finalmente se vira e a encara.


Há inúmeras interpretações para isso. Mas é o que mostra que Sasuke lembra SIM do que aconteceu. É doce e amargo, mas, agora, o significado de “irritante” é muito diferente comparado à primeira vez. Mas o que isso significa? Minha interpretação é: Sasuke foi tocado por isso. E, de acordo com o trecho do databook 2...

「孤独だった自分の存在を愛情という想いで満たしてくれたのがサクラだった。だが、その想いに応えることはやはりできない。サスケは、ただ一言の感謝の言葉を、別れの言葉として告げることしかできなかったのだ。」

“Aquela que preenchia sua solitária existência [para ele] com a emoção chamada amor era Sakura. Mas, conforme o esperado, Sasuke não podia corresponder aos seus sentimentos. Sasuke foi capaz, apenas, de deixar uma única palavra de agradecimento como palavra de despedida.” Ele, literalmente, não podia corresponder aos seus sentimentos. Não era questão de não ser recíproco. Não digo que ele transbordava de amor por ela, mas não é algo platônico quando ele deseja o carinho de Sakura e fica irritado quando este é direcionado a outra pessoa. Talvez ele estivesse entre sentimentos de amor e amizade, ou talvez negando seus próprios sentimentos [n/t: e nessa loucura / de dizer que não te quero / vou negando as aparências / disfarçando as evidências ~ #HinoSasuSaku]. Mas não sabemos. Porém, ele foi tocado por seus sentimentos, ficou desconfortável. Então, continua a andar, pois sabe que os sentimentos dela o tocaram. Se não andasse, quem sabe o que teria acontecido? E Sasuke não permitiria isso. Quando ele se virou, o que nós (e Sasuke) vimos foram os olhos de Sakura. Ameaçando seu plano de partir, Sakura, que não quer perdê-lo, diz que vai gritar para avisar todo mundo. Então, ele a interrompe.


Sasuke ainda não pode corresponder aos seus sentimentos. Então, ele a agradece, era tudo o que poderia dizer. Dizendo “obrigado”, ele agradece por ela fazer com que se sinta necessário, por amenizar a solidão dele com seu amor, por estar ao seu lado. Esta foi, para ela, a última palavra de Sasuke; ele poderia tê-la rejeitado. Mas não rejeitou. Se esse foi Sasuke cortando seus laços com Sakura, ele fez um péssimo trabalho. Mais um motivo para explicar que seus sentimentos o tocaram, mas não o suficiente para que ficasse.

Então, para responder a pergunta...

·      Qual a natureza da relação Sasuke -> Sakura e como isso afeta Sasuke?

Fomos de Sakura sendo uma irritante para Sasuke -> alguém que ele considera companheira de time -> alguém que pode afetá-lo profundamente -> para alguém capaz de amenizar sua solidão com seu amor -> para ???

Sakura possui influência emocional sobre Sasuke. Seus laços se aprofundaram. O que Sasuke sentia por Sakura, fossem vestígios de amor romântico ou algo entre amor e amizade, não sabemos ainda.

Os sentimentos de Sasuke na Parte II

Se você acha que o Sasuke cortou completamente seus laços com Sakura e o Time 7 na parte 2, você está errado.


Ele criou laços novos com o Taka. Primeiro, os via como ferramentas para sua vingança, mas começou a se preocupar com o bem-estar físico deles. Quando lutaram contra Killer Bee, ficaram numa situação difícil. Então, para salvá-los, ele pensa no Time 7 para ativar o Amaterasu. Isso mostra que o Time 7 ainda está em seu coração. Ao longo da parte 2, Sasuke tem memórias remanescentes do Time 7 (ex: quando ele atravessa a Grande Ponte Naruto, memórias de Kakashi estagnando seu selo amaldiçoado...). Agora, a razão para SS não ter muito desenvolvimento na parte 2 é pelo enredo. Kishimoto pretendia fazer o Sasuke deixar a vila desde o começo, então qualquer romance com SasuSaku é colocado de lado. Entretanto, Kishimoto tem nos mostrado quão profundo e duradouro é o amor de Sakura.


 
“Mesmo durante o inverno, ela continua bonita, nunca perdendo para o frio. Uma flor forte que aguarda a esperança da primavera.”

Então, é uma flor da perseverança. Ela tem amado Sasuke mesmo em seu pior colapso psicológico, quando ele deixou a vila, preocupada com ele do começo ao fim, e mesmo quando ele se foi por 3 anos. Então, a possibilidade de Sakura superar o que sente por Sasuke vai de pequena a nenhuma. SasuSaku NÃO É sobre angústia. É sobre perseverança, amor e esperança. E a habilidade de superar a angústia. Então, combinando essa fala com essa capa e essa outra, há uma representação da esperança apesar do sofrimento e da separação.

E, agora, Sasuke abandonou sua busca por vingança [n/t: após comunicar que lutaria ao lado de Konoha]. Mas ele ainda é vulnerável à escuridão. Sakura vê isso e parece apreensiva, mas, ao mesmo tempo, determinada. Se Sakura falhar em salvar Sasuke da escuridão, não há esperança para ele. Porque, honestamente, quem pode se conectar a Sasuke no mesmo nível emocional que a Sakura? Quando usa palavras gentis, ela tem êxito, e realmente tenta para ajudar Sasuke. Por isso falhou no País do Ferro. Ela foi contra seus objetivos e colocou o dever acima do amor. Mas, agora, a situação é diferente. No capítulo 635, Sai está conferindo, em Sakura, a habilidade de racionalizar a situação como a mulher ali que ama Sasuke. E, por Sai não ter ligações com Sasuke ou um passado com ele, acredita que lhe cabe julgar a situação. É por isso que ele questiona Sakura, num esforço para ver se ela fica cega pela emoção, pelo amor. Mas nós sabemos: Sakura pode amar Sasuke, mas não fica cega por isso. O maior temor de Sai, portanto, é que Sakura faça algo imprudente devido às suas emoções, como fez no passado (e até Shikamaru, também, observa isso, e ele viu Sakura ser imprudente no passado pelo seu amor por Sasuke). Mas Sakura usa um sorriso de fachada para não interferirem em seus planos ou para esconder seu conflito interior.


Isso também é parte do perfil da Sakura no databook 2 (créditos ao Nobusaki... de novo XD)


Legenda: “Sua paixão por Sasuke é imutável. Na frente de Sasuke, sua personalidade muda, mas a apatia de Sasuke é constante.”

Não é de se admirar que Sakura tenha dito “Não importa o que eu faça, você sempre me odiou” no 181. Oh, Sakura, se você soubesse... Sasuke não foi nem um pouco apático quando ela olhou e sorriu carinhosamente para Naruto e seu flashback no 174.

Isso também é parte do perfil da Sakura no databook, pág 134:


“Sasuke deixou a vila. Os sentimentos de Sakura ainda não o alcançaram [n/t: no sentindo de convencê-lo a ficar e/ou aceitar o que ela sente, já que ele priorizava a vingança]. Solitária e pacífica, a perda de um companheiro de time, sem dúvidas, lhe causa uma grande dor. Sakura não consegue compreender/entender por que Sasuke está jogando fora sua vila e seus amigos. (link – a única coisa diferente é o “ainda”, que se perdeu na tradução).

「サスケは木ノ葉を去った。サクラの想いは未だ届いていないということだ。」
“Sasuke deixou a vila. Isso significa que os sentimentos de Sakura ainda não o alcançaram.” (tradução - Nobusaki)

届いていない:Não alcançar/não foi alcançado (você pode procurar na raw para confirmar, mas está correto)

Os sentimentos de Sakura ainda não o alcançaram. Estaria Kishi dizendo que, em capítulos futuros, seus sentimentos o alcançariam? Ele podia apenas dizer que seus sentimentos não o alcançaram. Mas ele nos dá esperança com o “ainda não”. E repare, também, o que Kishimoto deixa implícito aqui. Se os sentimentos de Sakura alcançassem Sasuke, ele teria ficado ao seu lado, de acordo com a sua declaração. Ela queria que eles ficassem juntos, e disse que ambos poderiam ser felizes... Um com o outro, entendem o que isso significa? Se os sentimentos românticos de Sakura alcançassem Sasuke, o que faria Sasuke ficar na vila e permanecer ao seu lado? RECIPROCIDADE.

Deixo isso aqui para uma avaliação:


友を捨てた。愛を捨てた。里を捨てた。残るのはその名と、この思いだけ。
“Ele jogou fora a amizade (literalmente ‘amigo’). Ele jogou foram o amor. Ele jogou fora a vila. O que resta é apenas aquele nome, e este pensamento (ou seja lá como você queira interpretar ‘omoi’... que pode ter vários significados).”

捨てる (suteru) – jogar fora; deixar de lado; abandonar; renunciar; terminar (uma relação com alguém)

思い (omoi) – pensamento; mente; coração; sentimentos; emoção; amor; afeto; vontade; desejo; esperança; expectativa; imaginação; experiência.

É óbvio que isso se refere à Sakura... Uma vez que a frase começa com ‘Ele jogou fora (seu) amigo’ (claramente Naruto), e continua com ‘Ele jogou fora o amor’. (conforme Mezzo confirmou com seu conhecimento sobre japonês).

Se você voltar o texto, a seção do databook 2 de Sakura diz assim: Sakura não consegue compreender/entender por que Sasuke está jogando fora sua vila e seus amigos”.
  
Kizuna, um famoso crítico japonês, fala sobre o capítulo 181 e a relação entre o Sasuke e a Sakura:

自分への愛情を知りつつも、全ての繋がりを断ち切るべくサ スケは里に背を向けた。(fonte)
“Mesmo que ele entenda o que ela sente por ele, para romper com todos os seus laços, Sasuke dá as costas à vila.”

Sasuke tem tentado cortar seus laços, e ele “joga fora” o amor. Então ele se desconecta do amor ao tentar jogá-lo fora.

Isto não é para se levar muito a sério [n/t: a autora usa uma expressão que significa “pode aceitar, mas mantendo o pé no chão”]. Não analise demais a frase, usando para justificar SS. Afinal, temos essas adoráveis frases do databook e desenvolvimento e não precisamos de paralelos para apoiar nosso casal. :P E faz sentido com tudo no mangá. Sakura perdeu a esperança de Sasuke voltar, mas Naruto restaurou essa esperança, e vemos que ela ainda ama Sasuke.


Pelas RAWS, a conversa é:

Iwa Ninja: うまくいくといいですね。= "Se der certo, vai ser bom" (primeiro balão)
アナタが好きになる人だ。。。きっとステキないい人なんでしょうね = "É a pessoa que você gosta [afinal]… Sem dúvidas, ele deve ser uma ótima pessoa." (segundo balão)

ステキ (normalmente escrito em hiragana ou kanji, porém, se em katakana, é mais para acentuar ou enfatizar) = fantástico, esplêndido, lindo, legal, adorável, maneiro, importante

いい人= boa/excelente/agradável/gentil pessoa

Mas, se Sakura tem amado Sasuke por todo esse tempo, não vejo nada além de uma resolução romântica positiva. E, como se não bastasse...

Hinata pensa em Naruto no mesmo capítulo. E, 75 capítulos depois, temos:


Só comentando...

Então, o que vai acontecer?

Apenas o tempo dirá...